Filmes

Livros

Séries

Livros | Entre Gravetos e Ossos - Seanan McGuire

by - 30.7.20

Crianças Desajustadas, #2
Autora: Seanan McGuire
Tradução: Cláudia Mello Belhassof
Editora: Morro Branco
Páginas: 192
Avaliação: 🌟🌟🌟🌟
Sinopse: O segundo livro da série Crianças Desajustadas.

As gêmeas Jack e Jill tinham dezessete anos quando encontraram o caminho de casa e foram mandadas para o Lar de Eleanor West para Crianças Desajustadas.

Esta é a história do que aconteceu antes…

Jacqueline era a filha perfeita para sua mãe: educada e silenciosa, sempre vestida como uma princesa. Se às vezes a mãe era um pouco rigorosa é porque esculpir a filha perfeita exige disciplina.

Jillian era a filha perfeita para o seu pai: aventureira e corajosa, com roupas masculinizadas. Na verdade, ele preferiria um menino, mas é preciso trabalhar com o que se tem.

Elas tinham cinco anos quando aprenderam que não se pode confiar nos adultos.


Entre Gravetos e Ossos segue a jornada de Jack e Jill, as gêmeas que foram personagens importantes do livro anterior (De Volta Para Casa), no mundo que descobriram atrás de uma porta antes de ir para o Lar da Eleanor West para Crianças Desajustadas.

Jack e Jill foram criadas sob um planejamento pesado de seus pais que queriam se mostrarem os melhores em tudo, Jack moldada pela mãe para ser uma garotinha exemplar bem quieta e vestindo vestidos impecáveis, enquanto Jill foi moldada pelo pai que queria ter um menino, mas fez com que ela fizesse tudo quanto era coisa do mundo "masculino" para ficar satisfeito, o que sobrou em comum para as duas irmãs foi o amor pela avó e à partir do quartinho da senhora que chegaram às Charnecas, que é onde as coisas realmente acontecem.

Por mais que ambas tenham personalidades distintas - que vão além do que os seus pais queriam moldar -, as suas diferenças fizeram com que elas tomassem a frente em decisões de formas intercaladas, sem querer elas sempre estavam se ajudando e ambas são corajosas a sua maneira. É curioso pensar que apenas quando elas estavam longe uma da outra é que aprenderam a se amar e se proteger, com uma baita ajuda da  namorada da Jack.

Pensar que o abuso dos pais da Jack e da Jill consegue ser pior do que o perigo do estilo de vida nas Charnecas, significa que o negócio tá brabo e a porta para esse mundo foi uma benção para a vida das meninas.

O mundo das Charnecas é bem uma fantasia sobrenatural com ares históricos, rico em influências de O Médico e o Monstro, Frankenstein e Drácula, e eu fico me perguntando se vai sobrar clássico intocado nessa série (algo que eu não quero haha).

Na narrativa que cobre toda a vida delas, indo desde quando os pais delas notaram que tinham uma necessidade de terem filhos até a volta para casa das duas, há umas breves interações com o leitor no texto, como dizendo que tal ponto é relevante ou vamos pular para tal parte, por exemplo, o que mostra que o que vai mudando na série não é apenas os protagonistas ou o ponto da jornada deles, mas vai também para o jeito da narrativa (e tem ilustrações!!).

Cada vez me apego mais a essa série de livros, que tem uma das ideias mais legais de série que li ultimamente e já já tem resenha do terceiro livro por aqui!

Siga nas redes sociais!
Facebook 📖 Instagram 📖 Twitter 📖  Pinterest 📖 Skoob

Confira também:

12 Comentários

  1. Olá, Giovana.
    Eu me interessei bastante pela história do primeiro livro e bom saber que a história continua boa já que está se apegando cada vez mais a série. E até pensei em comprar os ebooks mas está o mesmo preço do capa dura hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E olha que há um tempo atrás a editora nem trabalhava com e-book!! Torcendo pra baixar o valor.

      Excluir
  2. Desde que li a resenha do primeiro livro já achei essa série bem legal, e claro, a continuação parece que segue a mesma pegada macabra (gótica talvez?!), então, os dois livros foram colocados na minha booklist para ler futuramente.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O terceiro livro foge disso, mas ainda tem um esqueleto no rolê aushaushauhshuas

      Excluir
  3. Parece ser incrivel, adoro livros assim.

    Beijinhos,
    Renata

    ResponderExcluir
  4. Eu to chocada porque eu achava que essa série era uma história bem fofinha
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mais perto de fofinho que chega é o colorido do terceiro livro!

      Excluir
  5. Oi, Giovana!

    Ainda não conhecia a série, achei linda a capa desse volume! A história também parece ser daquelas que prende total a atenção do leitor, fiquei curiosa com a obra!

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As capas sempre combinam com o universo que vai à partir das portas apresentado no livro <3

      Excluir
  6. Oi Giovana,
    E eu achando que era algo como as crianças peculiares da Srta. Peregrine... Acho que me enganei!
    Gosto muito dessas edições, mas não sei se as obras são para mim por conta do sobrenatural. Não é muito meu estilo...
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredita que nunca tive muito interesse em ler a série da Srta. Peregrine?
      O lado sobrenatural está mais nos mundos, mas os personagens são todos bem humanos!

      Excluir

Obrigada por comentar!
Críticas e sugestões são bem vindas!
Por favor deixe o link do seu blog nos comentários, sempre buscarei retribuir.