[Review] Shadowshaper - Daniel Jose Older

14:00


Shadowshaper, #1
Autor: Daniel Jose Older
Editora: Arthur A. Levine Books
Páginas: 304
Avaliação: 🌟🌟🌟
Compre em: Amazon
Sinopse: PINTE UM MURAL. COMECE UMA BATALHA. MUDE O MUNDO.
Durante as férias de verão, o único objetivo de Sierra Santiago era trabalhar na pintura de seu primeiro grande mural, na parede da Torre, o prédio mais desprezado do Brooklyn. Mas enquanto coloria seu dragão pelos cinco andares do prédio, começou a perceber que algo estranho estava acontecendo com os outros murais das redondezas. Desenhos que antes eram vibrantes e coloridos estavam desbotando, e ela jurava que tinha visto um deles chorar.
Vô Lázaro, em um momento de lucidez em meio à confusão habitual de seu cérebro após um AVC, pede a Sierra, sua neta, que procure por Robbie, um garoto misterioso do colégio, para que ele a ajude a terminar o mural da Torre o mais rápido possível. A garota não entende o pedido, mas decide agir quando coisas estranhas começam a acontecer no bairro.
A linhagem de Manipuladores de Sombras, pessoas com o poder de canalizar espíritos para obras de arte, está em risco. E Sierra terá que descobrir quem é de verdade para salvar sua vida e a das pessoas que ama.
Unindo a emoção de Instrumentos mortais, de Cassandra Clare, com uma cultura latina fervilhante, Manipuladores de sombras traz uma história emocionante sobre heranças familiares, linguagem, arte, amizade e a mágica que existe em nossas relações com o mundo.
(sinopse da edição brasileira)

No momento Sierra só pretende em suas férias finalizar um grande mural perto de sua casa, só que seu avó - que faz tempo que não tem um momento de lucidez - pede para que ela finalize logo o mural e que peça ajuda a Robbie, um jovem meio estranho da escola dela que sempre vive desenhando, para conseguir terminar uma pintura tão complexa em pouco tempo. 

Nessa empreitada de pintura ela nota que os murais estão apagando em uma velocidade maior que o normal e que elas estão se movendo, e ao lado de Robbie ela vai descobrindo as ameaças e o mundo dos Shadowshapers ("Manipuladores de Sombras"), em que ela nem fazia ideia que sua família fazia parte da linhagem.

Shadowshaper tem uma mitologia bem interessante que envolve as artes que mexem com o cenário urbano e espíritos, mas parece que o autor já torrou boa parte das ideias do mundo criado nesse livro, sendo que é uma trilogia e ainda estamos no primeiro livro.

Faltou um plot twist para o personagem Robbie ser interessante, o cara some e aparece, ajuda e desaparece, e é só isso, ele tem umas respostas para Sierra sobre esse mundo de magia e só.

Uma coisa que o livro acerta é no tom da cidade nessa fantasia urbana, no início tem muita influência a pintura de murais coloridos e complexos nas paredes da cidade (parte do livro em que as coisas estavam bem mais interessantes para mim), indo mais para frente com a presença de clubes com músicas latinas, sendo que a cultura latina é um tanto presente por conta da Sierra ser de família porto-riquenha.

Enquanto as amizades da Sierra e quem ela encontra no meio do caminho (como a bibliotecária) são personagens queridos e carregam junto com a protagonista a aventura, a família dela é um terror, tem uns que tem medo da magia, os homens são machistas e as tias são DAQUELE nível sabe?? A não ser que a comida seja acima da média, não faz sentido se a Sierra comparece a todos os eventos de família.


Leia também

0 comentários

Obrigada por comentar!
Críticas e sugestões são bem vindas!
Por favor deixe o link do seu blog nos comentários, sempre buscarei retribuir.

Seguidores

Facebook

Acompanhar pelo Telegram

Subscribe