Livros | Ithori - Thais Lopes

16:18

Filhos do Acordo, livro #3
Autora: Thais Lopes
Editora: Senhor da Lenda
Páginas: 234
Avaliação: ★★★★
Compre em: Amazon
Sinopse: Quando Suelen foi abduzida, ela era mais uma mulher assustada, sem entender o que estava acontecendo ou como tinha ido parar em um mercado de terráqueas. Mas isso foi seis anos atrás. Hoje, sua prioridade passou a ser sobreviver da melhor forma possível.
Até que um agente do Acordo começa a caçá-la. E não é qualquer agente. Ithori foi a primeira pessoa em quem ela confiou ali, o homem por quem quase se apaixonou e que mentiu para ela o tempo todo. Porque enquanto Suelen acreditava que ele era um prisioneiro, também, Ithori era um agente do governo.
Agora Suelen não tem outra opção a não ser trabalhar com o homem que passou a odiar. É isto ou a prisão domiciliar, porque ela já viu demais para permitirem que volte para a Terra. Mas Ithori não está disposto a deixar que ela mantenha sua distância e Suelen não tem certeza de que é isto que realmente quer. Talvez ódio não seja a palavra certa, no fim das contas. E talvez os dois consigam sobreviver à missão que receberam - roubar informações do grupo responsável pelo comércio de terráqueas - e entender o que é aquilo que existe entre eles.
Mais toys de Nassi, mais mulheres salvas, mais DR

Suelen foi abduzida há seis anos e de cara viu que  só se adaptando que poderia sobreviver,  já viveu com o bando de piratas mais querido do Acordo e tinha Ithori ao seu lado para qualquer parada, mas uma traição por causa de algo que poderia ajudar muita gente a fez ficar numa vida solo. Ao menos esta vivência fez com que ela ganhasse habilidades e contatinhos. 
Imagens não oficiais da moça no Tinder do Acordo
Espiã, ladra, sozinha, cheia de informações e de brinquedinhos legais e ilegais (escolha o significado de 'legal' que preferir). A moça na sua caça à informações do tráfego de terráqueos é capturada pela última pessoa que ela queria ver: Ithori, mas já que o cara a conhece muito bem consegue convencê-la de entrar numa tarefa.

Ela com suas habilidades e brinquedinhos letais, ele com todo o poder de um grandão do corpo militar, garantia de um bom enredo de investigação certo? Adicione treta de ex mal resolvido com uma atração que não colabora com as coisas (ou colabora demais, diga-se de passagem). Resultado: Entre_Tapas_e_Beijos.mp3

O romance é intenso, que me agradou mais do que em Darius, que talvez seja porque eu ame as coisas nada bem resolvidas. A madame Thais ainda sacaneia pois os dois estavam dispostos a sentar e conversar tudo, mas a treta não permitia. Este livro é menos hot que os anteriores, que tinha horas que eu achava que estava faltando cenas do tipo e outras horas que eu esquecia que poderia ter cenas ~calientes~ e driblava junto com eles as balas perdidas.

O enredo em geral da série vai bem pra frente por conta do surgimento dos contatinhos desse povo, seja Priynala ou Dravos (que tudo indica que terá coices em FdA #4 e quero muito) ou os já conhecidos Isla e o Drek que quanto mais aparecem mais eu quero desenvolvimento, e acho que uma tal de Talita dá RT na última frase.

Livro curto e digno de se ler em uma tarde. Com uma pitada de cyberpunk, tretas marotas, o melhor do que é vendido no submundo, brotheragens e sisterhoods que queremos.

Leia também

0 comentários

Obrigada por comentar!
Críticas e sugestões são bem vindas!
Por favor deixe o link do seu blog nos comentários, sempre buscarei retribuir.

Leituras

Facebook

#Recomendo: Séries

Subscribe